quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Porque o boleto bancário ainda vai resistir aos avanços da tecnologia

Apesar da existência de cartões de crédito o que tem verdadeira popularidade nas formas de cobranças das empresas é o boleto bancário. Ao mesmo tempo é o que mais tem sido aceito pelos consumidores. Confira aqui os porquês do boleto ser tão eficaz:

1- Baixo custo de operação:
O boleto tem um custo de operação bem inferior ao de cartão de crédito em que as taxas podem chegar até a 6% dependendo da operadora. Para quem compra a vantagem é facilidade e os descontos que podem chegar até a 10% do valor dependendo da plataforma.

2- Não exige mecanismos
O cartão de crédito não é um artefato presente na vida de todos. Os brasileiros tem sérios problemas com o endividamento. A forma com que muitas pessoas encontraram de parar com os gastos excessivos no cartão - ou com os juros nos atrasos - foi não tê-los.


3- Envio Rápido
Ao contrário de outras formas de pagamento o boleto confere  mais agilidade  no recebimento dos valores. A transferência feita por meio deste método tem prazo máximo de 48 horas ( 2 dias úteis) para confirmação do pagamento. Outras modalidades podem ter até uma semana ou ainda 30 dias.

4- Atualização
Quando o consumidor atrasas o pagamento e precisa ser acrescido juros no valor é possível disponibilizar a função de atualizar o boleto através da internet. Assim,  o atendimento em lojas fica menos congestionado e o consumidor tem mais facilidade e autonomia para realizar estas tarefas que podem ser muito simples.

Algumas ferramentas oferecem as empresas a fabricação instantânea de boletos com registro ou não. Uma das empresas que oferece o serviço é a VHSYS.Com ela esse procedimento fica completamente automatizado aumentando a agilidade e reduzindo os custos operacionais e gastos de tempo. 

Folha do Sul

About Folha do Sul

Author Description here.. Nulla sagittis convallis. Curabitur consequat. Quisque metus enim, venenatis fermentum, mollis in, porta et, nibh. Duis vulputate elit in elit. Mauris dictum libero id justo.

Subscribe to this Blog via Email :