Diferença entre Salário Líquido e Salário Bruto

Primeiramente, você sabe qual é a diferença entre salário líquido e salário bruto? Existem nomenclaturas no mercado de trabalho que confundem os trabalhadores, dentre elas podemos destacar essas duas expressões. É muito importante entender qual é essa diferença para evitar problemas financeiros.

Pensando nisso, neste texto separamos algumas informações que podem ajudar você a compreender melhor essas nomenclaturas. Então, continue lendo o post e confira!

O que é salário?

As pessoas costumam confundir os termos salário e remuneração, por isso é muito importante compreender a diferença entre eles. O salário é o valor que o trabalhador recebe em troca do seu trabalho.

Ele é um valor fixo que pode ser pago por unidade de tempo (pelo tempo que o empregado permaneceu executando uma tarefa), por unidade de obra (pela quantidade produzida) ou, ainda, por tarefa (pela entrega de uma quantidade de produção em um determinado período de tempo). 

Já a remuneração, é um conjunto de vantagens atribuídas ao empregado que contempla a remuneração fixa (salário e adicionais obrigatórios), a remuneração indireta (pacote de benefícios) e a remuneração variável (comissões, gratificações, prêmios, PLR, entre outros valores relacionados ao desempenho do trabalhador). 

Vale destacar que tanto o salário como a remuneração servem de base de cálculo para algumas verbas trabalhistas. Por exemplo, o 13º salário e as férias são calculados com base na remuneração. Já no cálculo do adicional de periculosidade, é levado em consideração apenas o valor do salário.

Portanto, o salário faz parte da remuneração recebida mensalmente pelo colaborador. Existem vários tipos de salários dentre eles podemos destacar o:

  • Salário mínimo: é o valor de salário mínimo fixado por lei em nível nacional;
  • Salário mínimo regional: é o valor de salário mínimo fixado por lei em nível estadual;
  • Salário profissional: é o valor de salário mínimo para uma determinada profissão;
  • Salário normativo: é o valor mínimo definido em convenção ou acordo coletivo para determinadas categorias.

Além disso, temos o salário nominal ou bruto e o salário efetivo ou líquido, que são duas nomenclaturas que também costumam confundir os trabalhadores, pois existe uma grande diferença entre o salário que consta na documentação do trabalhador e o valor que ele recebe no dia do pagamento. 

O que é salário bruto?

O salário nominal ou bruto, também conhecido como salário base, é aquele descrito no contrato de trabalho e na Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), ou seja, é o valor pelo qual o empregado foi contratado pela empresa. O valor do salário bruto não pode ser menor que o salário mínimo nacional, bem como ele serve de base de cálculo para os adicionais e os descontos dispostos na folha de pagamento.

diferenca-salario-liquido-salario-bruto

O que é salário líquido?

Já o salário efetivo ou líquido, é o valor que o trabalhador realmente recebe pelo seu trabalho no quinto dia útil do mês subsequente, ou seja, é o valor do salário bruto descontadas as obrigações legais, como INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), IRRF (Imposto de Renda Retido na Fonte), vale-transporte, entre outros. Lembre-se: quanto maior for o salário, maior será o valor do IRRF e da contribuição do INSS.

A empresa também pode fazer outros descontos relacionados a coparticipação em benefícios, como vale-refeição, plano de saúde, plano odontológico, empréstimos consignados, entre outros. Bem como existem os descontos determinados pela justiça, como a pensão alimentícia. Por isso, as deduções podem variar de empresa para empresa.

Além disso, existem alguns valores que podem ser acrescidos ao salário bruto, como adicional de insalubridade, adicional de periculosidade, comissões, salário família, horas extras, adicional noturno, gratificações, entre outros. Portanto, o salário líquido representa o valor do salário bruto acrescido pelos valores adicionais menos os descontos.

Nesse sentido, pode ter meses em que o salário líquido será menor que o salário bruto, já em outros pode acontecer ao contrário. Todas essas informações constam no holerite ou contracheque do colaborador. Lembre-se de que é o salário líquido que você deve considerar no momento de realizar compras ou investimentos.

Por isso, é imprescindível saber qual é a diferença entre salário líquido e salário bruto. Assim, fica mais fácil fazer o seu planejamento financeiro mensal. Caso contrário, você poderá gastar mais do que ganha e, consequentemente, ficará endividado. Para evitar essa situação você pode controlar os seus recebimentos e gastos por meio de uma planilha eletrônica simples.

Gostou deste texto? Então, continue acompanhando nosso blog e saiba mais sobre assuntos relacionados a carreira e a empregabilidade.

Tathiane Mantovani
Estudante de Jornalismo. Administradora formada pela UniCesumar. Especialista em Psicopedagogia Institucional, Design Instrucional, Gestão de Pessoas e Marketing de Conteúdo. Redatora SEO, Conteudista EAD e Escritora com 8 livros didáticos publicados nas áreas de Recursos Humanos e Segurança do Trabalho. Apaixonada pela arte da escrita e amante dos livros.

Deixe seu comentário

2 × cinco =