Juro Zero libera compra de carro 0km com até 30% de desconto

O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do estado de São Paulo concede descontos de até 30% na compra de carros zero para quem tem MEI. A ação faz parte do programa Juro Zero e tem como objetivo movimentar a economia do país com ofertas e condições de compra para bens e serviços financeiros.

Programa Juro Zero

O Programa Juro Zero apresentado pelo Sebrae paulista passou a oferecer aos Microempreendedores Individuais ofertas de 2,5% a 30% na compra de veículos zero quilômetro.

O percentual pode variar de acordo com a utilização e marca do carro. As empresas parceiras são Fiat, Renault, Volkswagen e Chevrolet.

A ação tem como intuito promover o abatimento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviço (ICMS) e, consequentemente, estimular o cenário econômico brasileiro.

Além da redução no valor original dos automóveis, o programa concede créditos e financiamentos sem taxas e juros, com pagamentos em até 36 vezes, sendo as quantias mínimas de R$1 mil reais e R$20 mil reais, respectivamente.

O crédito e financiamento concedidos pelo Juro Zero devem ser direcionados para produtos, serviços e recursos do próprio negócio como compras de equipamentos, máquinas, materiais de escritório, acessórios, ferramentas, capital de giro, entre outros.

O uso indevido ou não discriminado dos valores solicitados pode ser questionado pelos órgãos competentes.

Cadastro

Para participar do programa Juro Zero os interessados devem se cadastrar no portal oficial do Sebrae, além de comparecer ao Escritório Regional do Sebrae do estado de São Paulo com a documentação necessária.

Entre os principais documentos solicitados aos interessados estão o RG, CPF, comprovante de residência, certificado de condição de MEI, cópia simples do cartão CNPJ, declaração anual do Simples Nacional, entre outros.

Para acompanhar a lista completa é importante confirmar os dados diretamente com o Sebrae.

MEI

As propostas oferecidas pelo programa Juro Zero são dirigidas especialmente aos Microempreendedores Individuais.

Sendo assim, é necessário que os trabalhadores informais, autônomos ou pequenos empresários, com faturamento anual de até R$81 mil, possuam o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ).

Para se tornar um Microempreendedor Individual é necessário se inscrever no Portal do Empreendedor, realizar o passo a passo e, posteriormente, formalizar o pedido.

No entanto, existem algumas observações, regras e exigências para se tornar uma pessoa jurídica sem complicações e, por isso, é fundamental analisar todas as informações com atenção.

Sebrae

O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, tradicionalmente conhecido como Sebrae, é um órgão privado sem fins lucrativos que atua em todo o Brasil capacitando as pessoas, promovendo os negócios e garantindo o desenvolvimento econômico entre micro e pequenas empresas dos mais diversos segmentos.

Para isso, o Sebrae atua em parceria com as instituições financeiras, instituições de microcrédito, cooperativas de crédito e outros órgãos competentes, a fim de elaborar produtos e serviços financeiros que atendam as necessidades e demandas do mercado.

Para saber mais informações sobre essa e outras vantagens basta acessar o Portal Sebrae ou ligar para a Central de Relacionamento Sebrae 0800 570 0800 (gratuito).

Julia de Paula
Jornalista formada pela Universidade Metodista de São Paulo - UMESP

Deixe seu comentário