Regras para ter direito ao Prouni – Conheça e Veja se você pode usufruir do Prouni

Atualmente, se você pretende ingressar no mercado de trabalho para atuar em cargos não operacionais, a graduação não é mais um diferencial, é um requisito básico. Por isso, você precisa pesquisar as melhores opções de cursos disponíveis nas instituições de ensino. Lembre-se de que existe a possibilidade de estudar por meio de bolsa de estudos, como é o caso do Prouni.

Se você quer saber as regras para ter direito ao Prouni, continue a leitura e confira as informações que preparamos neste texto.

regras-para-ter-direito-ao-prouni

O que é o Prouni?

O Prouni (Programa Universidade para Todos) foi instituído pelo Ministério da Educação (MEC) em 2004 com o objetivo de facilitar o acesso dos brasileiros ao Ensino Superior privado de qualidade. Para isso, oferece bolsas de estudos integrais (100%) ou parciais (50%) para os estudantes que atendem aos pré-requisitos do programa.

O processo seletivo para ingressar nesse programa é oferecido duas vezes por ano e leva em consideração a nota do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). Vale destacar que quanto maior a sua nota no exame, maior é a chance de classificação no Prouni. Por isso, a preparação e a realização do exame é essencial para a conquista de uma bolsa de estudos.

Quais são as regras para ter direito ao Prouni?

O estudante que pretende ingressar no curso de graduação por meio do Prouni precisa conhecer as regras para ter direito ao programa. Lembre-se de que é muito importante cumprir todos os pré-requisitos, caso contrário você não conseguirá a aprovação para conquistar a bolsa de estudos.

Vale destacar que a sua renda pode impactar na opção da bolsa, se a sua renda bruta per capita é de até um salário mínimo e meio você pode concorrer a bolsa integral. Mas se você tem uma renda bruta per capita entre um salário mínimo e meio e três salários mínimos deve optar pela bolsa parcial.

Além disso, você não pode ter diploma de Ensino Superior, ou seja, essa deve ser sua primeira graduação. Bem como precisa ter cursado o Ensino Médio em escola pública ou como bolsista integral em instituição de ensino privada. Em relação ao Enem, o candidato ao programa deve ter participado da última edição.

Assim como ele precisa ter obtido, no mínimo, 450 pontos na média das notas e não ter zerado a redação. É importante mencionar que pessoas com deficiência e professores da educação básica da rede pública podem participar desse processo de seleção, mas nesse caso não existe restrição em relação a renda.

Como realizar sua inscrição?

O processo de seleção para as bolsas de estudos do Prouni inicia pela inscrição. Para tanto, você precisa acessar o site oficial do programa para ler o edital e verificar as datas dispostas no cronograma para realizar a inscrição. Na data indicada é necessário seguir o passo a passo abaixo:

  • Acesse o site oficial do programa;
  • Clique no menu “inscrição”;
  • Insira o número de inscrição e senha do Enem;
  • Confirme ou atualize os dados do Enem; 
  • Preencha os dados solicitados;
  • Selecione as duas opções de curso; 
  • Selecione o tipo de bolsa;
  • Responda o questionário socioeconômico;
  • Confira as informações preenchidas;
  • Clique em “enviar a sua inscrição”.

Após finalizar a inscrição, você precisa aguardar o resultado que será divulgado de acordo com a data indicada no cronograma do programa.

Como proceder após a pré-seleção no Prouni?

Você pode verificar o resultado do Prouni no site oficial do programa na data descrita no cronograma. Em caso positivo, é necessário comparecer na data prevista no edital na instituição de ensino para apresentar os documentos que comprovem as informações indicadas na inscrição, dentre esses documentos podemos destacar:

  • Identificação do candidato e dos membros do grupo familiar;
  • Comprovante de residência;
  • Comprovante de rendimentos;
  • Comprovante de separação, divórcio ou óbito dos pais (caso seja necessário);
  • Comprovante de pagamento de pensão alimentícia (caso seja necessário);
  • Comprovante de Ensino Médio.

A instituição pode solicitar outros documentos adicionais, mas isso será informado no momento da inscrição. Lembre-se de que a etapa de apresentação dos documentos é responsabilidade do candidato. Por isso, é imprescindível que você fique atento ao cronograma para não correr o risco de ser automaticamente reprovado.

Vale destacar que a bolsa de estudos está diretamente relacionada com a formação da turma no curso escolhido. Caso não tenha uma turma no momento da sua pré-seleção você poderá esperar outras chamadas do programa.

Agora que você já conhece as regras para ter direito ao Prouni, se você se encaixa nos requisitos, não perca tempo! Fique atento ao cronograma do próximo processo seletivo para o programa e faça a sua inscrição. Lembre-se de que o curso de graduação pode facilitar o seu acesso ao mercado de trabalho.

Gostou deste texto? Então, aproveite para explorar o nosso blog e ler outros posts relacionados a carreira e a empregabilidade.

Tathiane Mantovani
Estudante de Jornalismo. Administradora formada pela UniCesumar. Especialista em Psicopedagogia Institucional, Design Instrucional, Gestão de Pessoas e Marketing de Conteúdo. Redatora SEO, Conteudista EAD e Escritora com 8 livros didáticos publicados nas áreas de Recursos Humanos e Segurança do Trabalho. Apaixonada pela arte da escrita e amante dos livros.

Deixe seu comentário

3 × 4 =