Aposentado tem direito ao Bolsa Família?

Se você alcançou certa idade e está descansando a sua aposentaria, pode ser que tenha se perguntado: aposentado tem direito ao Bolsa Família?

Então, desde já, fique sabendo sim. Aposentado tem direito ao Bolsa Família, ou seja, é concedido ao idoso o recebimento de um benefício além do que ele recebe.

Então, se você quer saber se lhe cabe receber mais um benefício do governo, basta continuar a leitura deste post e saber mais a respeito! Boa leitura.

Afinal, o que é o Bolsa Família?

Antes de prosseguirmos a conversa, entenda o que é o Bolsa Família. Este é um programa governamental instaurado pelo ex-presidente Lula com a finalidade de auxiliar milhares de famílias em situação de extrema pobreza em todo o Brasil. Em 2004 tal programa entrou em vigor sob a Lei n° 10.836/04.

Com isso em vista, te dizemos que sim, o aposentado tem direito ao Bolsa Família. A seguir vamos detalhar mais a respeito, e isso está atrelado aos benefícios previdenciários e assistenciais.

Benefícios previdenciários

Os benefícios previdenciários se referem às pessoas físicas contribuintes à Previdência Social. Isso significa que são os indivíduos que recolhem ou recolheram o INSS — autônomos, empregados domésticos e trabalhadores registrados na carteira.

Para que você fique por dentro dos benefícios previdenciários, abaixo listamos quais são eles.

Confira:

  • Auxílio por Incapacidade temporária: é o antigo auxílio-doença. Destina-se àqueles segurados pela Previdência Social que são considerados incapazes para a realização do seu trabalho e, acima de tudo, se adequam aos requisitos de carência.
  • Auxílio por Incapacidade Permanente: refere-se aos segurados do INSS que, por razão de terem a saúde comprometida seja por doença ou mesmo acidente, não podem mais desempenhar suas funções.
  • Salário-maternidade: auxílio-maternidade também conhecido como , é benefício concedido aos segurados da Previdência Social que tiverem de se afastar dos seus ofícios devido o nascimento de filho, fetos natimortos, aborto não criminoso ou adoção propriamente dita.
  • Pensão por Morte: de acordo com a Lei 8.213/91, trata-se de um benefício previdenciário fornecido aos que eram dependentes do segurado que veio a óbito. Este pode ser aposentado ou não. Essa benéfice pode ser um auxílio provisório no caso de morte presumida do segurado.
  • Auxílio-acidente: de acordo com o artigo 86 da Lei 8.213, é um benefício concedido à pessoa que sofreu acidente e, desde então, passou a demonstrar sequelas provenientes de tal acaso, que fizeram com que suas capacidades para o trabalho fossem atingidas.
  • Auxílio-reclusão: caso um segurado de baixa renda tiver de ser detido por violão das leis impostas à convivência social, os seus dependentes receberão um auxílio financeiro.

Fique atento: se por ventura você trabalha com registro em carteira de trabalho, ou até mesmo é trabalhador avulso, seu empregador tem a obrigação de fazer pagamentos ao INSS.

Benefícios assistenciais

Também conhecido por Benefício de Prestação Continuada (BPC) é um auxílio financeiro pago pela Previdência Social que tem o intuito de assegurar um salário mínimo por mês às pessoas despossuídas de meios para garantir a própria subsistência ou mesmo de sua família.

Desse modo, estão inclusos nesses benefícios os idosos acima de 65 anos e as pessoas com deficiência que as impedem de serem participantes de atividades desenvolvidas pelo restante da sociedade.

Até então, você pôde ver que aposentado tem direito ao Bolsa Família. Ainda assim, talvez esteja se perguntando: Tudo bem. Mas parou nessa afirmação?

Não, o próximo tópico falará mais a respeito. Chega mais!

Aposentado tem direito ao Bolsa Família! Confira

Além dos benefícios previdenciários e assistenciais, aposentado tem direito ao Bolsa Família. Assim, nota-se que alguns requisitos do Programa Bolsa Família são semelhantes, como por exemplo, ao Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Em suma, o aposentado pode acumular os benefícios previdenciários com o Programa Bolsa Família. No entanto, o aposentado só terá direito ao Bolsa Família se a renda per capita, registrada no CadÚnico, atender ao limite estipulado pelo programa.

Com isso em vista, para saber se tem direito ao auxílio Bolsa Família, basta fazer o seguinte cálculo: some o valor que recebe da aposentaria com a renda de todos os que moram com você. Após isso, pegue essa soma e divida pela quantidade de pessoa que fazem parte do grupo familiar. Se o resultado desse cálculo for menor do que R$89,00; você tem direito a esse benefício.

Deste modo, você percebeu que além dos benefícios previdenciários e assistenciais, aposentado tem direito ao Bolsa Família. Então, se lhe cabe essa benéfice, reúna os documentos necessários e mãos à obra!

Flavio Carvalho
Gestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.

Deixe seu comentário