Como limpar nome sujo: passo a passo para quitar as dívidas e restaurar score

Há exatamente um ano o Serasa Experience divulgou a pesquisa que mostrava o número de inadimplentes no Brasil. De acordo com o dado 63,8 milhões de pessoas possuíam alguma dívida em aberto. Agora, com um cenário de pandemia em que muitos trabalhadores estão sendo demitidos, manter as contas em dia tem sido, mais que nunca, um desafio e tanto.  

Contudo, ficar com o nome sujo traz dor de cabeça e alguns impeditivos. Como a pontuação no Score fica baixa, a pessoa endividada pode não conseguir realizar empréstimos, ter dificuldade para aderir novo cartão de crédito (seja em loja ou banco), e até mesmo ser vetada de contratar serviços e comprar bens. 

No geral, quanto maior o tempo de existência da dívida, mais restrições a pessoa vai ter no mercado e menos opções de compra. Em alguns casos, resta a apenas a forma de pagamento à vista, o que é um problema, especialmente para as famílias de baixa renda que precisam parcelar os itens mais caros.  

Para ter o nome limpo outra vez existem basicamente duas alternativas. A primeira é consultar todas as dívidas em aberto usando o número do Cadastro de Pessoa Física no Serasa (caso seu nome já tenha ido para o portal de inadimplentes) e pagar os valores. E a segunda é fazer contato com a financeira da empresa para a qual você deve e realizar um acordo. 

Nome sujo

Quanto tempo posso ficar com nome sujo? 

Quando a pessoa inadimplente não se manifesta para pagar o que deve, a empresa tem o prazo de cinco anos corridos para manter a dívida ativa, com direito a inscrever o nome do titular da conta no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) da Serasa. Isso serve para que outras empresas sejam sinalizadas de que a pessoa não é boa pagadora. Dessa forma, fica mais difícil para que o inadimplente consiga crédito outra vez, a menos que quite os débitos ou que aguarde cinco anos, que é quando o prazo da cobrança se expira. 

Como fazer um acordo da dívida? 

Se decidir negociar a dívida, é aconselhável que analise sua renda atual e defina qual a quantia exata que pode disponibilizar para o pagamento. Em seguida, entre em contato com a financeira responsável para saber todas as opções existentes. Pergunte se há como parcelar. Se a resposta for sim, pergunte em quantas vezes e sob qual porcentagem de juros. 

Mesmo que a parcela seja de um valor acessível, que caiba no seu bolso, não se precipite em fechar negócio. Busque saber também se pagar o valor total de uma única vez sai mais barato, porque provavelmente sim. Tenha cuidado ao fechar aceitar a negociação, pois caso você descumpra o acordo de pagamento poderá recair outros juros sobre a dívida. 

Limpa Nome Correios 

Diante da situação financeira vulnerável – agravada pela pandemia do novo coronavírus – em que muitas pessoas se encontram hoje, o Serasa firmou uma parceria com as agências dos Correios espalhadas por todo o Brasil para promover a campanha Limpa Nome.  

Nas agências, é possível se informar das propostas de descontos para quitar dívidas e negociar formas de pagamento na hora. Também dá para saber se você possui alguma dívida ativa no SPC/Serasa acessando o site da instituição. Lá, é necessário fazer um cadastro com o CPF e criar uma senha (se ainda não for registrado). 

O que é score? 

score é uma política de pontos que vai de 0 até 1000. Equivale a uma nota dada pelo mercado ao consumidor. Quanto mais pontos acumulados, mais as empresas entendem que a pessoa tem poder de compra e que é um bom pagador. Já pessoas com dívidas têm a pontuação no score reduzida. 

Os fatores levados em conta pelo Serasa para distribuir os pontos do score são:  

  • pagamentos de contas em dia; 
  • histórico de dívidas negativadas; 
  • relacionamento financeiro com empresas; 
  • dados cadastrais atualizados. 

Para saber como está sua pontuação, acesse Consulta Score. No caso de você já ter o nome limpo, mas não consegue crédito no mercado por que tem poucos pontos, certifique-se de que já possui o Cadastro Positivo, mantenha as contas em dia e os dados pessoais sempre atualizados na página do Serasa. 

Ludmila Catharina
Uma jornalista de 23 anos, nascida e criada no quadradinho. Encantada por literatura e todas as formas de comunicação. Atualmente, ocupo o papel de estudante, mais uma vez, fazendo especialização em comunicação organizacional e estratégias digitais.

Deixe seu comentário

dois × 4 =