Enem Seriado 2021: entenda o que é e como funciona

O Ministério da Educação (Mec) anunciou para o próximo ano a implementação do Enem Seriado como mais uma forma de ingresso nas universidades públicas. Até o primeiro momento, este novo modelo de avaliação vai ser opcional e voltado aos alunos do primeiro, segundo e terceiro ano do ensino médio.  

O Enem Seriado nada mais é que uma conversão do Sistema de Avaliação Básica, o Saeb, que antes basicamente servia para avaliar a qualidade da educação nas escolas do Brasil. Agora, a diferença é que valerá pontuação e ela poderá ser usada para ingressar nas universidades públicas. 

Para ter uma pontuação significativa, o estudante deverá se inscrever e realizar as três provas. O critério a ser usado para a classificação será a soma de todos os pontos feitos em cada etapa. Para cada curso será exigida uma nota mínima que pode variar. 

Até o momento não há confirmação da integração do Enem Seriado com todas as universidades federais para a promoção do SiSU (Sistema de Seleção Unificada). Esse e alguns outros pontos ainda estão sendo definidos pelo Mec. Mas já foi anunciado que o ProUni (Programa Universidade para Todos) e o Fies (Financiamento Estudantil) estarão vinculados à nova modalidade do Enem.  

Enem Seriado 2021

Como vai funcionar? 

Para muitos, o Enem Seriado será a vantagem de uma prova a mais, outra opção de ingresso nas universidades do governo, que são – no geral – bem reconhecidas pelo mercado de trabalho, além de não existir cobrança de mensalidades. 

Este novo modelo de provas usará a base do Saeb para calcular a pontuação dos concorrentes. Antes, com essa avaliação, era tratado apenas os conteúdos de língua portuguesa e matemática. Mas agora, na versão Enem Seriado, vai abranger todas as disciplinas do currículo de ensino médio, o que torna a prova integralmente censitária. 

Para quem não alcançar a aprovação, mas ainda assim apresentar um desemprenho positivo, poderá usar a nota acumulada ao longo das provas para conseguir um Financiamento Estudantil ou mesmo bolsa de estudos com o ProUni. 

No geral, a prova do Saeb é ministrada no segundo semestre a cada dois anos. Com a atualização, deverá acontecer anualmente, provavelmente a partir de outubro de 2021, segundo a previsão informada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas (Inep). Isso porque os especialistas acreditam que daqui até lá a população possa ser imunizada com uma vacina contra a covid-19. 

Ainda de acordo com o Inep, as provas que são aplicadas no modelo seriado tendem a ser mais justas com os participantes, pois permite avaliá-los etapa por etapa. Contudo, para realmente não deixar ninguém em desvantagem será preciso considerar o cenário de pandemia e pensar em novas estratégias, já que os alunos da rede pública, principalmente, ficam para trás com a falta de recursos para acompanhar as aulas online. 

O Enem tradicional vai ser extinto? 

Segundo as informações do Mec, o Enem Seriado não implica na anulação das provas do Enem tradicional. Os dois serão considerados e, inclusive, são voltados para públicos distintos. Veja: 

 

Enem 

Enem Seriado 

Quem pode participar 

Alunos do 3º ano do ensino médio

Pessoas com diploma de ensino médio 

 

Estudantes matriculados a partir do 1º ano do ensino médio 

 

Quem não pode participar 

Estudantes que ainda não estejam no 3º ano do ensino médio

(exceto na situação de treineiro) 

Alunos até 9ª série ou pessoas que já saíram da fase escolar 

 

Ludmila Catharina
Uma jornalista de 23 anos, nascida e criada no quadradinho. Encantada por literatura e todas as formas de comunicação. Atualmente, ocupo o papel de estudante, mais uma vez, fazendo especialização em comunicação organizacional e estratégias digitais.

Deixe seu comentário