Quem pode se inscrever no ProUni 2021?

O Programa Universidade para Todos (ProUni) foi criado em 2004 pelo Ministério da Educação  (MEC)para oferecer bolsas de estudo de ensino superior em universidades particulares.  São concedidas bolsas integrais e parciais. Ou seja, 100% e até 50% de desconto, respectivamente, para estudantes de baixa renda e sem diploma de ensino superior.

As bolsas integrais são para estudantes com renda familiar bruta de até 1 salário mínimo e meio por pessoa. Já as bolsas parciais são destinadas a estudantes com renda familiar de até 3 salários mínimos por pessoa e são dividas em dois descontos: 25% e 50%.

Além desses requisitos financeiros, é necessário também se encaixar em pelo menos um dos critérios abaixo para se inscrever no ProUni:

  • ter cursado todo o ensino médio em uma escola pública;
  • ter cursado todo o ensino médio como bolsista integral de uma escola particular;
  • ter feito parte do ensino médio em escola pública e parte em escola particular como bolsista integral;
  • ser uma pessoa com deficiência.

Sem contar que é necessário realizar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do ano anterior e conseguir no mínimo 450 pontos na média e não pode zerar a redação.

Entenda o ProUni
Entenda o ProUni

Passo a passo das inscrições para o ProUni

  1. Inscrição: Para se inscrever, basta acessar o SisProUni e fazer o seu login com número de inscrição e senha cadastrados para o Enem do último ano. A seguir, deve escolher duas opções de curso para se candidatar.
  2. Acompanhamento: Todo dia o sistema calcula as notas de corte de todos os cursos, portanto é possível saber a pontuação mínimo para conseguir uma vaga. Vale a pena fazer o acompanhamento tendo em vista que durante o período de inscrições, o estudante pode alterar suas opções de universidade, curso ou turno.
  3. Divulgação: Com o fim do período de inscrições, o sistema classifica e pré-seleciona os estudantes aprovados. O candidato pode ser selecionado para a primeira opção de curso, para a segundo opção ou então para a lista de espera de uma das duas.
  4. Matrícula: Nesse momento, é necessário comparecer à universidade em que o estudante foi aprovado e apresentar os documentos requisitados pela instituição. Com tudo validado, basta assinar o Termo de Concessão de Bolsa.

Quem pode se inscrever no PROUNI?

Para poder se inscrever no ProUni é necessário que o candidato preencha os seguintes requisitos:

  • Ensino médio completo na rede pública ou particular com bolsa integral;
  • Renda familiar bruta de 1 até 3 salários mínimos por pessoa;
  • Participação no ENEM do ano anterior a inscrição;
  • Nota mínima de 450 pontos na prova e não zerar a redação no ENEM.

Como funciona o ProUni?

O ProUni tem uma plataforma onde as universidades cadastram as vagas e os tipos de bolsa disponíveis para o Programa. Com isso, os estudantes podem se candidatar utilizando a nota no Enem para concorrer às bolsas.

Dessa forma, a instituição consegue isenção de tributos fiscais e os estudantes de baixa renda conseguem acesso a universidade com bolsas de 25%, 50% e até 100% nos mais variados cursos e campus.

O ProUni abre inscrições no primeiro e outra no segundo semestre de todos os anos. Mas não basta se inscrever, além das etapas de inscrição e classificação, com a matrícula efetivada, o estudante precisa se dedicar aos estudos, pois para manter a bolsa é necessário ser aprovado em no mínimo 75% das disciplinas cursadas.

Felipe Calbo
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo atuante na chamada "massa de mídias", trazendo mais um braço da pluralidade de opinião em detrimento do mito da imparcialidade.

Deixe seu comentário