Programas do governo para financiamento do ensino superior – Prouni, Sisu, Pronatec e outros

Graduação ainda é a principal porta de entrada para o mercado de trabalho no Brasil. No entanto, a realidade financeira da maior parte dos estudantes brasileiros não é favorável para o ingresso em instituições privadas e públicas de ensino, sendo necessária a aplicação de programas de financiamento.

Diante desse cenário existem algumas alternativas para que os estudantes possam cursar o ensino superior com o apoio do Governo Federal, entre elas estão o Prouni, Sisu, Pronatec e outros programas de financiamento estudantil oferecidos no país.

Prouni

O Programa Universidade para Todos, Prouni, é oferecido pelo Ministério da Educação aos estudantes que desejam ingressar em instituições particulares de educação superior utilizando bolsas de estudo parciais e integrais.

Para ter direito ao Prouni é necessário que os estudantes interessados tenham realizado a última edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), além de ter atingido, no mínimo, 450 pontos e nota maior do que zero na redação

O cumprimento de outras exigências também são solicitadas como:

  • Ter renda familiar bruta mensal entre um e três salários mínimos por pessoa;
  • Ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou em condição de bolsista em escola particular;
  • Ser professor da rede pública de ensino em exercício;
  • Entre outros.

O processo seletivo do Prouni é realizado apenas na etapa de inscrição. Vale reforçar que a participação no programa de financiamento é gratuita e feita exclusivamente pelo site oficial do Prouni.

 

Estudantes podem contar com apoio do governo para ingressar nas universidades

Sisu

O Sistema de Seleção Unificada, Sisu, promovido pelo Ministério da Educação oferece vagas de estudos em instituições públicas de ensino superior apenas para candidatos que participaram do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem).

Vale reforçar que a disposição das vagas é oferecida de acordo com a classificação dos candidatos mediante as notas obtidas no Enem. Além disso, o estudante escolhe até duas opções de curso e aplica a nota onde julgar necessário.

No entanto, o peso das notas pode variar de acordo com os cursos e, por isso, é essencial se informar sobre os critérios de cada vaga antes de aplicar a pontuação. Para além, o Sisu trabalha com o sistema de nota de corte e a ferramenta pode auxiliar o candidato a monitorar a inscrição.

Pronatec

O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego, Pronatec, também foi desenvolvido pelo Governo Federal. A proposta do Pronatec é aumentar a oferta de cursos voltados para a área de Educação Profissional e Tecnológica (EPT) diante de programas, projetos e ações de assistência técnica e financeira.

Os principais beneficiados pelo Pronatec são:

  • Estudantes do ensino médio da rede pública, inclusive da educação de jovens e adultos;
  • Trabalhadores;
  • Beneficiários dos programas federais de transferência de renda;
  • Estudantes que tenham cursado o ensino médio completo em escola da rede pública.

Além disso, alguns dos principais parceiros do Pronatec são instituições de educação profissional e tecnológica das redes estaduais, distrital e municipais e instituições privadas de ensino superior e de educação profissional.

Para o próximo ano, 2021, algumas informações sobre os programas de financiamento estudantil já foram divulgadas. Veja mais: Prouni, Sisu e Fies tem novas datas planejadas para 2021.

Julia de Paula
Jornalista formada pela Universidade Metodista de São Paulo - UMESP

Deixe seu comentário