Pix será incluído como forma de pagamento para serviços da Uber

A ferramenta de pagamento Pix, recentemente lançada pelo Banco Central do Brasil, já está disponível para fazer operações financeiras no aplicativo de delivery da empresa Uber. Esta habilitação permite aos usuários destes serviços uma nova opção de pagamento. 

Até então, quem pedia as refeições em casa só tinha duas alternativas: pagar com dinheiro em espécie ou com cartão de crédito.  

Com o Pix, é possível que os usuários façam uma transação financeira para o aplicativo da empresa em qualquer horário e dia da semana. A operação leva apenas 10 segundos para ser compensada e é muito simples de ser feita. 

Além de oferecer segurança, a nova forma de pagamento deve atrais mais clientes para muitas marcas, já que algumas pessoas não possuem cartão de crédito ou mesmo preferem não portar dinheiro físico.  

Para fazer pagamentos ou transferências com o Pix, é necessário que a pessoa seja correntista em um bando que possua a ferramenta e  que tenha saldo em conta. 

De acordo com a Uber, essa nova opção de débito online está sendo adicionada aos aplicativos graças à parceria que firmou com a empresa de tecnologia financeira EBANX, que conecta servidores a consumidores. 

Uber Eats

Pix no Uber transportes? 

A empresa comunicou que pretende adicionar o Pix às formas de pagamento do aplicativo de corridas, mas não se sabe ao certo quando isso vai acontecer.  

Até então, a ferramenta só está habilitada para o Uber Eats, onde as funções de débito automático devem ser instaladas de forma gradual durante as próximas semanas. 

Como pagar Uber Eats usando o Pix? 

Os aplicativos estão sendo atualizados e muitos já estão aptos a receberem o pagamento em dinheiro pelas compras realizadas no Uber Eats. No entanto, a quantia ainda não é descontada diretamente da conta bancária do usuário, quando acontece a entrega do pedido.  

Acontece que, a princípio, a transação do valor desejado deve ser feita com o Pix com destino à carteira digital do próprio aplicativo – o Uber Cash – deixando o saldo positivo. Dessa forma, quando for pagar, o dinheiro será descontado de lá. 

Quem quiser experimentar o novo recurso deve seguir os seguintes passos: 

         1º Clique onde diz “Adicionar saldo”; 

         2º Acesse “Compra única”; 

         3º Informe os dados solicitados; 

         4º Copie o Código que aparecerá; 

         5º Ao ser redirecionado para o aplicativo do banco, cole o                                                           código e, por fim, confirme a transferência. 

Mas atenção, isso só é possível se o banco da pessoa estiver credenciado no Pix. Além disso, o titular da conta bancária deve se inscrever na ferramenta e escolher as chaves de acesso. Elas serão como um identificador. Basta usar uma como dado para realizar pagamentos e transferências muito mais ligeiros. 

Além da Uber, aproximadamente outras 677 empresas e cooperativas já aderiram o Pix, além dos aplicativos de contas digitais como Nubank, Mercado Pago, Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, PicPay, C6 Bank, Santander, Banco Inter, PagSeguro, Itaú e Bradesco, por exemplo.  

Você pode acessar a lista completa das instituições no site do Banco Central. 

Leia também Pix vai ser aceito para pagar tarifas do serviço público: conheça as facilidades do recurso 

Ludmila Catharina
Uma jornalista de 23 anos, nascida e criada no quadradinho. Encantada por literatura e todas as formas de comunicação. Atualmente, ocupo o papel de estudante, mais uma vez, fazendo especialização em comunicação organizacional e estratégias digitais.

Deixe seu comentário