Como conseguir o FIES?

Primeiramente, você sabia que o Fies é uma opção para as pessoas que não têm condições financeiras para pagar integralmente um curso de graduação em instituições de ensino superior privadas?

O Fundo de Financiamento Estudantil, criado pelo Ministério da Educação (MEC) por meio da Lei n.º 10.260/2001, é um programa que oferta duas modalidades de financiamento para os brasileiros que pretendem ingressar no Ensino Superior privado.

Nesse caso, temos a modalidade Fies que é administrada pela Caixa Econômica Federal no qual é possível conseguir financiamentos a juros zero. A outra modalidade é o P-Fies, nesta opção a taxa de juros depende da renda familiar, pois o financiamento é administrado pelos bancos privados conveniados com o programa.

Portanto, se você pretende usar esse financiamento disponibilizado pelo Governo Federal, é necessário ficar atento ao edital. Pensando nisso, neste texto separamos todas as informações importantes para você  saber como conseguir o Fies. Vamos lá!

Tela inicial site Fies

Quem pode participar do Fies?

Se você pretende utilizar o Fies, o primeiro passo é ler o edital para verificar quais são os requisitos necessários para ter acesso ao financiamento. Nesse caso, o candidato deve ter participado das edições posteriores a 2010 do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).

Além disso, ele precisa ter obtido média igual ou superior a 450 pontos nas provas objetivas, bem como não pode ter zerado na redação. Em relação às condições financeiras, é necessário comprovar que a renda per capita é de até cinco salários mínimos federal.

É importante mencionar que a renda tem relação direta com a modalidade de financiamento, pois os candidatos com renda de até três salários mínimos podem optar pelo Fies. Já aqueles com renda entre três e cinco salários mínimos devem fazer a inscrição para o P-Fies.

Lembre-se de que você também não pode estar cursando outra graduação utilizando esse financiamento, assim como não são aceitos candidatos que possuem pendências relacionadas ao programa.

Então, se você atende todos esses requisitos, o próximo passo é fazer a inscrição no período estipulado no cronograma do Fies

Como fazer a inscrição no Fies?

Na data prevista no cronograma disponibilizado no edital do Fies, o candidato precisa acessar o site oficial do financiamento para fazer a inscrição. Feito isso, deve-se inserir o login e a senha da conta gov.br, caso você ainda não tenha esse cadastro, é necessário fazer antes de prosseguir para as próximas etapas.

Em seguida, você deve verificar se as informações pessoais e as notas do Enem estão corretas, caso seja necessário é possível atualizá-las. O próximo passo é preencher os dados relacionados à renda familiar e a modalidade de financiamento, bem como você deve escolher a instituição de ensino e o curso no qual irá estudar. Por fim, clique no botão “enviar inscrição”.

Após finalizar esse processo, deve-se aguardar o resultado da pré-seleção que será disponibilizado na data prevista no cronograma no mesmo site da inscrição.

Onde verificar o resultado do Fies?

Os candidatos ao Fies são pré-selecionados de acordo com a modalidade de financiamento escolhida. No caso do Fies, eles são classificados em ordem decrescente conforme a nota do Enem e a quantidade de vagas disponíveis para o curso escolhido. Já no P-Fies, também é levado em consideração a nota no Enem, mas o banco privado precisa pré-aprovar o financiamento.

O resultado do Fies é disponibilizado na data prevista no edital no site oficial e no site da instituição de ensino escolhida. No caso do site do Fies, é necessário utilizar novamente o login e a senha da conta gov.br para acessar a lista de classificados. 

Caso você não seja pré-selecionado para a modalidade Fies, ainda tem a chance de participar da lista de espera. Mas, se você optou pelo P-Fies, a sua inscrição é automaticamente cancelada.

Lembre-se de que é responsabilidade do candidato acompanhar todo o processo, já que se você for classificado a perda dos prazos pode resultar na reprovação do financiamento.

O que fazer após a pré-seleção?

Após a pré-seleção do candidato, é necessário dar prosseguimento no financiamento. No caso do Fies, deve-se acessar novamente o site oficial para fazer uma complementação dos dados. Já no caso do P-Fies, o candidato pode ir direto para a parte da documentação.

Em seguida, tanto no Fies quanto no P-Fies, é imprescindível comparecer na instituição de ensino superior escolhida para entregar os documentos que atestam a veracidade das informações fornecidas na inscrição.

Se estiver tudo certo, a instituição vai emitir o Documento de Regularidade de Inscrição (DRI). Com esse documento em mãos, o candidato e o fiador devem comparecer ao agente financeiro correspondente à modalidade de financiamento escolhida.

Após analisar a documentação, o agente financeiro aprovará ou não o financiamento. Em caso positivo, ele emitirá um contrato para que seja assinado tanto pelo estudante quanto pelo fiador. Depois desse processo o candidato estará apto a iniciar seus estudos.

Podemos concluir que o Fies é um programa do Governo Federal muito importante para promover uma educação profissional de qualidade para os brasileiros. Então, se você pretende ingressar no curso superior por meio desse programa, acompanhe o site oficial para verificar as datas da próxima inscrição.

Gostou de saber como conseguir o Fies? Então, compartilhe este texto nas suas redes sociais para que outras pessoas também tenham acesso a este conteúdo.

Tathiane Mantovani
Estudante de Jornalismo. Administradora formada pela UniCesumar. Especialista em Psicopedagogia Institucional, Design Instrucional, Gestão de Pessoas e Marketing de Conteúdo. Redatora SEO, Conteudista EAD e Escritora com 8 livros didáticos publicados nas áreas de Recursos Humanos e Segurança do Trabalho. Apaixonada pela arte da escrita e amante dos livros.

Deixe seu comentário

onze + dez =