Auxílio Emergencial: Quem teve o pedido negado ainda tem alguma chance de receber o Auxílio do Governo?

Um dos benefícios do governo que foi criado pelo governo para conseguir suprimir a falta de renda de muitos brasileiros foi o auxílio emergencial. Muitas pessoas tiveram o mesmo negado, o que está sendo um grande problema devido a nova leva que será liberada logo no início deste ano.

A dúvida está na cabeça de muitas pessoas: será possível conseguir a liberação do novo auxílio, mesmo ele tendo sido negado no ano passado?

Veja abaixo esta e demais informações sobre este assunto e fique por dentro de como proceder e quais são as dicas do Folha do Sul.

Quem teve o pedido negado pode solicitar novamente?

Auxílio Emergencial: Quem teve o pedido negado ainda tem alguma chance de receber o Auxílio do Governo?

Para quem teve o seu auxílio emergencial negado, mesmo atendendo a todas as demais condições para receber esta ajuda do governo, ainda pode ter o recebimento do benefício, além da possibilidade de pedir a ajuda direto da Defensoria Pública da União – DPU para conseguir garantir o recebimento do mesmo.

Segundo a assessoria de imprensa da entidade, ainda há chances para o cidadão ter o recebimento, basta que procure a DPU para fazer a contestação do não recebimento do auxílio emergencial.

A DPU é a entidade responsável pela prestação da assistência jurídica, judicial e também extrajudicial gratuita que é referente ao cidadão que está sem recursos financeiros. Cada estado do Brasil possui a sua unidade específica da DPU.

Os contatos e demais formas de atendimento podem ser consultados diretamente pelo site:

https://www.dpu.def.br/contatos-dpu, tendo variações de acordo com o local em que o indivíduo mora.

Segundo um balanço que foi divulgado direto na página da defensoria, até o domingo, dia 3, cerca de 520 mil pessoas já recorreram à DPU para fazer a tentativa de obter o auxílio emergencial. Dessa quantidade, foram instaurados até o momento, cerca de 140 mil processos de assistência jurídica.

Mas atenção! É importante saber que não é possível entrar com o pedido para conseguir receber o auxílio emergencial, visto que este prazo expirou no dia 2 de julho de 2020. Até o momento, nada foi decidido sobre a prorrogação do pagamento do auxílio para o ano de 2021, portanto, é preciso aguardar.

Como conseguir pedir ajuda para a DPU?

Para conseguir pedir a ajuda direto do DPU, é necessário cumprir todos os pré requisitos estabelecidos abaixo:

  • Ser uma pessoa economicamente necessitada, ou seja, pessoa natural que seja integrante de um núcleo familiar que possua uma renda mensal bruta que não ultrapasse o valor de R$2.000,00:
  • É levado em conta como núcleo familiar o grupo de pessoas composto pelo requerente, seus parentes, consanguíneos ou por afinidade, cônjuge, companheiro ou convivente, dos quais possuam relação de dependência econômica, mesmo que não convivam sob o mesmo teto.
  • A renda familiar mensal é o total da soma dos rendimentos brutos distribuídos mensalmente pelos membros do núcleo familiar, incluindo os valores percebidos a destino de alimentos.
  • É permitido a existência de núcleos familiares distintos vivendo sob o mesmo teto.
  • São sinais de falta de suficiência econômica do núcleo familiar a constatação de rendimentos originários de: programas oficiais de transferência de renda; e benefícios assistenciais e previdenciários mínimos pagos a idoso ou deficiente;
  • Deduzem-se da renda familiar mensal na aprovação da falta de suficiência econômica: em caso de gastos extraordinários com saúde decorrentes de moléstia ou acidente; demais gastos extraordinários, dos quais são entendidos como aqueles indispensáveis, temporários e imprevistos.

Quais são os documentos necessários para serem encaminhados no contato com a DPU?

  • Fotos do RG;
  • Fotos do CPF;
  • Comprovante de residência atualizado;
  • Foto da mensagem que aparece na tela do app, contendo as informações de que o processo está em análise ou que foi negado.

Como consigo entrar em contato direto com a DPU?

Caso queira entrar em contato com a DPU, o cidadão pode acessar este link em específico, do qual poderá entrar em contato direto com o estabelecimento de sua região, podendo enviar um e-mail para o endereço que ali consta, solicitando todo o processo de ajuda.

Se você não se enquadrar dentro de todos os pré-requisitos necessários da DPU, não será possível fazer o requerimento para receber o benefício.

Essa constatação só pode ser feita para os casos em que as pessoas possuem todos os pré requisitos, porém devido a algum problema no cadastro, tenham o seu direito negado.

Marcela Mazetto
Jornalista formada pela PUCPR viciada em música de todos os tipos, livros e séries. Mestre em curiosidades inúteis, está sempre procurando fugir da rotina.

Deixe seu comentário

2 × três =