DPVAT 2021: Agora é Oficial! A Caixa é a nova Operadora do Seguro DPVAT. Confira como será

Caixa Econômica Federal anuncia que a operação do seguro obrigatório DPVAT será realizada pela instituição financeira a partir deste ano. Veja como ficam as novas regulamentações.

Nova operadora

A instituição financeira Caixa Econômica Federal anunciou que a operação do seguro obrigatório DPVAT agora faz parte dos serviços oferecidos pelo banco.

Desde 2008 o gerenciamento e pagamento das indenização às vítimas de acidentes de trânsito era realizado pela Seguradora Líder.

O contrato da nova seguradora do Seguro Obrigatório de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres, ou por sua Carga, a Pessoas Transportadas ou Não foi firmado entre a Caixa e a Superintendência de Seguros Privados.

A Susep é vinculada ao Ministério da Economia e, por conta disso, o banco público tornou- se responsável tanto pelo atendimento quanto pelo pagamento das indenizações a partir de 1° de janeiro deste ano.

Os representantes da Caixa e Susep afirmam que a nova operação tem como objetivo reduzir possíveis fraudes e problemas relacionados às indenizações e processos administrativos que envolvem o seguro DPVAT.

Como solicitar o seguro DPVAT

Apesar da mudança de operação do Seguro Obrigatório de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres novas solicitações já podem ser realizadas.

Desde o último dia 18 os interessados em acionar o seguro DPVAT podem ir diretamente a uma agência da Caixa Econômica Federal e manifestar a intenção.

Depois de realizada a solicitação o pagamento da indenização poderá ser feito em até 30 dias após a aprovação do banco. 

Nova operação ocorre desde o primeiro dia de janeiro

O valor será depositado em uma Conta Poupança Social da Caixa, pelo Caixa Tem, diretamente em nova na vítima ou dos beneficiários e dependentes se for o caso.

Outra possibilidade de acionar o seguro DPVAT é realizar o procedimento de forma virtual, bem como é feita para a oferta de outros benefícios como o Auxílio Emergencial.

Além disso, a Caixa Econômica Federal estuda lançar um aplicativo específico para o procedimento que será conhecido como App DPVAT. Com ele será possível realizar o pedido apenas fazendo o upload das documentações necessárias e acompanhar o processo.

Seguro DPVAT

Como foi possível observar o seguro DPVAT, como é tradicionalmente conhecido, se trata do Seguro Obrigatório de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres.

Esse seguro é determinado por lei e tem como objetivo amparar financeiramente motoristas, passageiros, pedestres e outros beneficiários que são diretamente ou indiretamente vitimizados por acidentes de trânsito.

Entre as circunstâncias que podem tornar alguém uma vítima de trânsito, bem como um beneficiário da indenização estão a morte, a invalidez permanente total ou parcial.

Além disso, também existe a possibilidade de reembolso de possíveis serviços e atendimentos que geram despesas médicas e hospitalares em redes privadas de atendimento, uma vez que a motivação foi um dano físico.

Até o momento a indenização oferecida pelo seguro DPVAT tem como limite cerca de R$13.500 em casos de morte e invalidez. Já para casos com reembolso os gastos são de até R$2.700.

De acordo com a superintendência da Susep a previsão da operação do seguro DPVAT para este ano é de 600 mil benefícios.

Felipe Calbo
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo atuante na chamada "massa de mídias", trazendo mais um braço da pluralidade de opinião em detrimento do mito da imparcialidade.

Deixe seu comentário

8 + 8 =