O que é permitido levar no dia do Enem? Entenda como a pandemia altera as regras

Em contagem regressiva, jovens e adultos de todo o país se preparam para o Exame Nacional do Ensino Médio, marcado para os dias 17 e 24 de janeiro, na modalidade presencial. Mas é preciso ter muita atenção para não passar perrengue. Pois além de forçar o adiamento das provas – que deveriam ter sido aplicadas no fim do ano passado – a pandemia de coronavírus trouxe mudanças em relação ao que é permitido levar no dia do Enem em 2021. 

Dessa vez, a lista de itens necessários à prova está maior, e por outro lado, tem também os objetos que são expressamente proibidos. Como não existe possibilidade de segunda chance, o candidato deve ser pontual, ter em mãos todos os documentos de identificação e também os materiais exigidos. 

Regras Enem 2021

O que é indispensável? 

Como foi mencionado, é preciso portar um documento de identificação com foto. Se o candidato se esquecer de levar será impedido de entrar no local de prova, como alerta o edital. Apesar de o Enem aceitar a participação de pessoas com documentos vencidos, não é válido apresentar versão digitalizada ou cópia, mesmo que seja autenticada em cartório. Tendo isso em mente, confira a lista completa dos documentos que são aceitos para a identificação: 

  • Carteira de reservista ou certificado de dispensa;   
  • Carteira de Trabalho e Previdência Social;   
  • Carteira Nacional de Habilitação (CNH);   
  • Declaração fornecida por ordens ou conselhos com validade legal e que se equipare a documento de identificação;  
  • Passaporte;   
  • Registro Geral (RG). 

Outro item indispensável é a caneta com a qual o candidato vai realizar a prova. Cada um precisa levar a própria e ela deve ser de tinta preta, fabricada em material transparente. Mas até aqui nenhuma novidade, não é mesmo? 

A maior diferença entre as edições anteriores e o Enem em 2021 é a máscara de proteção facial, que vai ser usada como medida de prevenção à covid-19. O candidato tem direito a levar mais de uma, já que a recomendação da Organização Mundial da Saúde é trocar após 4h de uso. Esteja ciente de que as máscaras serão verificadas pelos fiscais de prova para evitar que ocorram fraudes no teste. 

O que é opcional? 

É permitido levar o celular para a prova do Enem 2021, desde que permaneça desligado e você o coloque em um saco plástico com lacre, que será fornecido pela equipe responsável. Em hipótese alguma manuseie o aparelho no local de prova, ou poderá ser desclassificado.  

Como o tempo de prova é de 5h a 5h30, o candidato tem direito a levar alimento consigo, desde que as embalagens originais tenham sido removidas. É preciso que o lanche esteja armazenado em material transparente. 

Tratando-se de um item que não é obrigatório, mas aconselhável, é o cartão de confirmação da inscrição no Enem. Com ele você se certifica do local de prova para o qual foi encaminhado e não perde tempo procurando. 

O que não devo levar? 

Com exceção da caneta preta, nenhum item de papelaria será permitido para uso durante a prova, nem mesmo folha de rascunho em branco. Cuidado com os acessórios, pois bonés, tiaras e lenços podem ser barrados. 

Os equipamentos eletrônicos também não podem ser mantidos sobre a mesa, ou sequer devem ser acessados. Por isso, itens como pendrive, fone de ouvido, calculadora, tablete e relógio, é ideal deixar em casa. E caso você ainda tenha dúvida sobre algum material, ou deseje entender melhor as regras do Enem 2021, consulte o edital publicado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisa (Inep). 

 Leia também: Estudar para o ENEM 2021: Principais Assuntos, Tema da Redação e Dicas de Simulados

Ludmila Catharina
Uma jornalista de 23 anos, nascida e criada no quadradinho. Encantada por literatura e todas as formas de comunicação. Atualmente, ocupo o papel de estudante, mais uma vez, fazendo especialização em comunicação organizacional e estratégias digitais.

Deixe seu comentário