Idosos e deficientes receberam até R$1,1 Mil do BPC

Em 2021 o BPC passará a pagar um salário mínimo aos idosos e pessoas com deficiência. O benefício será oferecido aos cidadãos de baixa renda e que, consequentemente, não conseguem se sustentar financeiramente.

BPC

O Benefício de Prestação Continuada, mais conhecido como BPC, anunciou este ano que garantirá aos idosos com mais de 65 anos e aos portadores de deficiência física e mental de baixa renda uma ajuda de custo no valor de R$1.100,00 por mês.

O BPC é um benefício do Instituto Nacional do Seguro Social, mais conhecido como INSS, que por sua vez é um órgão do Ministério da Previdência Social vinculado ao Governo Federal.

A ação tem como objetivo promover mais qualidade de vida e bem-estar às pessoas que possuem alguma limitação e são financeiramente instáveis ou prejudicadas.

Como receber o benefício do BPC

Para que os idosos e pessoas portadoras de deficiências físicas e mentais consigam o benefício é necessário que elas comprovem a necessidade do recebimento do auxílio.

Para isso, é fundamental que esses cidadãos atendam às exigências e regras determinadas pelos órgão responsáveis. São elas:

  • Estar registrado no Cadastro Único para Programas Sociais;
  • Comprovar a idade mínima necessária;
  • Comprovar a condição de deficiência física ou mental.

Além disso, é preciso ter renda de até ¼ do salário mínimo per capita que equivale até R$275,00 por pessoa residentes no mesmo endereço do requisitante.

Vale ressaltar que para solicitar o benefício não é necessário ser ou já ter contribuído com o INSS. Porém, a Previdência Social não assegura o pagamento de 13° salário ou pensão por morte.

Outro detalhe importante é que os idosos interessados no benefício devem ter residência fixa no Brasil e não ser beneficiário de outro programa. Em relação aos portadores de deficiência é importante que o impedimento esteja presente há pelo menos dois anos.

Como solicitar o benefício

As pessoas que se interessam pelo benefício e que se enquadram nos requisitos exigidos devem se registrar no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal. Para isso, basta procurar pelo núcleo de assistência social mais próximo e informar os dados solicitados.

Depois de se vincular ao CadÚnico ou já estar inscrito basta solicitar o requerimento do benefício do BPC. Nesse caso, é só entrar no site oficial do Meu INSS e fazer login no sistema. 

Ajuda de custo é essencial para famílias de baixa renda

Posteriormente, o interessado deve escolher a opção “Agendamentos/Requerimentos”, clicar em “novo requerimento”, depois clicar em “atualizar” e conferir os dados e em seguida clicar em “avançar”. No campo “pesquisar” digite a palavra “deficiência” e selecione o serviço desejado.

Uma alternativa ao portal online é fazer o download do aplicativo Meu INSS nos celulares Android e iOS, pois o passo a passo é o mesmo. Além disso, também é possível fazer o atendimento presencial nos locais autorizados.

Vale ressaltar que as informações fornecidas ao sistema devem ser verídicas e atualizadas periodicamente a fim de instruir os órgãos responsáveis sobre as condições de beneficiário.

Julia de Paula
Jornalista formada pela Universidade Metodista de São Paulo - UMESP

Deixe seu comentário

5 × dois =