Abre período de inscrição para alistamento militar obrigatório de 2021

Jovens brasileiros do sexo masculino, que completam 18 anos entre janeiro e dezembro de 2021, estão sendo convocados pela Junta de Serviço Militar da República para o alistamento obrigatório. Quem se enquadra nesse perfil deve realizar uma inscrição, preferencialmente online, a partir de agora e até o dia 30 de junho deste ano. Quem for selecionado pode trabalhar para o exército, para a marinha ou aeronáutica, por pelo menos 12 meses. 

O processo de seleção dos jovens que vão realmente ingressar nas Forças Armadas acontece assim que encerra o prazo de alistamento, ou seja, vai de 1º de julho a 28 de outubro. São duas etapas para concluir quem fica e quem é dispensado. Na primeira é aplicada uma prova que avalia o nível de conhecimentos gerais. E por fim, os jovens são submetidos a exames clínicos e psicotécnicos. 

Como se inscrever?  

A fim de reduzir o risco de contaminação por Covid-19, aconselha-se que a inscrição seja feita pela internet, pela própria pessoa, no site www.alistamento.eb.mil.br.  E se preferir, dá para realizar o mesmo procedimento pelo aplicativo Exército Brasileiro, que está disponível para download gratuito em celulares iOS ou Android 

Já no caso de o jovem não ter acesso à internet, as inscrições presenciais são aceitas. Para isso, basta dirigir-se à unidade militar mais próxima de onde vive, munido com a certidão de nascimento e comprovante de residência, ou documentos equivalentes. 

Inscrição Alistamento Militar

Quais são os documentos necessários? 

Considerando a inscrição online para o alistamento militar de 2021, será preciso possuir: 

  • Cadastro de Pessoa Física (CPF); 
  • Documento de identificação com foto (RG); 
  • Comprovante de residência. 

O candidato deverá preencher um formulário com os dados pessoais solicitados pelo site, além do endereço de e-mail e número de telefone para contato. 

Como usar nome social? 

O uso do nome social no alistamento não apenas é permitido como também é um direito garantido pela lei atual. Para usar desse recurso, cabe ao interessado ir até à Junta Militar com os documentos pessoais em mãos – mencionados no tópico acima – e o requerimento para o uso de nome social preenchido. Esse requerimento está disponível para ser impresso aqui. 

Quando posso ser dispensado? 

A obrigatoriedade do alistamento militar 2021 pode ser contestada em algumas situações específicas. Uma delas é quando o jovem faz o papel de provedor, para manter o subsídio familiar, e não conta com a colaboração financeira de outro membro. Se esse for o caso, o rapaz deve emitir uma declaração pedindo para ser dispensado. Para isso, é necessário reunir documentos que comprovem os fatos.  

Para as pessoas com deficiência também é possível conseguir licença do serviço militar, seguindo as normas do Ministério da Defesa, que estabelecem a necessidade de atestar a condição física por meio de um laudo médico que justifique a incapacidade. Ainda nesse documento é preciso constar o número da Classificação Internacional de Doenças (CID).  

Tratando-se de condições de saúde mais graves, onde o próprio jovem não puder se locomover até a Junta Militar para pedir a dispensa, é possível que ele seja representado por outra pessoa, desde que legalmente capacitada. 

Jovens que estão vivendo fora do país 

Se você é do sexo masculino e está na idade de se apresentar para o alistamento militar de 2021, mas vive no exterior, será preciso se dirigir ao consulado brasileiro mais próximo, portando os mesmos documentos solicitados para a inscrição online. 

Ludmila Catharina
Uma jornalista de 23 anos, nascida e criada no quadradinho. Encantada por literatura e todas as formas de comunicação. Atualmente, ocupo o papel de estudante, mais uma vez, fazendo especialização em comunicação organizacional e estratégias digitais.

Deixe seu comentário