INSS: É possível acumular benefícios do INSS? Entenda!

Descubra se você pode ou não receber mais de um benefício do INSS. Alguns recursos podem ser concedidos em conjunto e outros podem ser aplicados somente de forma individual.

Benefícios INSS

Os benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social são essenciais para a manutenção de aposentados e pensionistas brasileiros que não atuam como servidores públicos.

Entre os benefícios mais comuns oferecidos pelo INSS estão:

  • Aposentadoria por invalidez;
  • Aposentadoria por idade;
  • Aposentadoria por tempo de contribuição;
  • Auxílio-doença;
  • Pensão por morte;
  • Entre outros.

Apesar de a quantidade de benefícios ser ampla, nem todos podem ser utilizados pelo mesmo beneficiado. Entre esses benefícios estão:

  • Aposentadoria com auxílio-doença;
  • Aposentadoria com auxílio-acidente;
  • Aposentadoria com outra aposentadoria;
  • Aposentadoria com abono de permanência em serviço;
  • Auxílio-doença com outro auxílio-doença;
  • Auxílio-acidente com outro auxílio-acidente;
  • Salário-maternidade com auxílio-doença;
  • Salário-maternidade com aposentadoria por invalidez;
  • Duas ou mais pensões por morte do cônjuge;
  • Auxílio-reclusão com outro auxílio-reclusão;
  • Seguro-desemprego com qualquer outro Benefício de Prestação Continuada da Previdência Social (exceto pensão por morte, auxílio-reclusão, auxílio-acidente, auxílio-suplementar e abono de permanência em serviço);
  • Benefício de Prestação Continuada com benefício da Previdência Social ou de outro regime previdenciário.

Vale ressaltar que é permitido o acúmulo de duas ou mais aposentadorias caso elas sejam oferecidas por regimes distintos.

Acúmulo de benefícios

O acúmulo de benefícios muitas vezes ocorre quando um indivíduo que já é segurado pelo INSS, bem como um dependente, solicita outro modelo de benefício que lhe é de direito. 

Agora que você já conhece os benefícios que não podem ser oferecidos para o mesmo beneficiário é hora de conhecer aqueles que são permitidos.

  • Aposentadoria e pensão por morte;
  • Pensão por morte;
  • Salário-maternidade;
  • Auxílio-doença e auxílio-acidente;
  • Pensão especial para portadores da síndrome da Talidomida e benefícios previstos no RGPS:
  • Seguro desemprego e auxílio-reclusão.

Também é importante esclarecer que depois que a Reforma da Previdência foi homologada algumas mudanças foram realizadas em relação à pensão por morte em especial. 

No entanto, os benefícios acumulados antes de novembro de 2019, quando se deu a nova regra, e aqueles que por direito foram determinados no mesmo período, ainda podem ser oferecidos de forma integral.

A recomendação para os beneficiários e cidadãos que pretendem solicitar algum dos recursos mencionados acima é consultar um especialista em previdência social para sanar todas as dúvidas.

Conheça os benefícios que podem e que não podem

Outra possibilidade é consultar a página oficial do Instituto Nacional do Seguro Social na internet. Dentro do portal é possível encontrar um campo específico sobre dúvidas e serviços relacionados aos mais diversos benefícios, como aposentadoria, auxílios, benefícios assistenciais, pensões, seguro defeso, seus direitos e deveres, entre outros.

Ainda é possível contatar a entidade por meio da Central de Atendimento no número 135. O canal foi elaborado a fim de ampliar o acesso da população aos serviços do INSS. O recurso opera de segunda à sábado, das 7 às 22 horas no horário de Brasília.

As unidades de agências de atendimento também podem ser úteis, mas durante a pandemia do novo coronavírus alguns serviços e procedimentos estão temporariamente suspensos.

Julia de Paula
Jornalista formada pela Universidade Metodista de São Paulo - UMESP

Deixe seu comentário

16 + 9 =