Matrícula Escolar 2021 Curitiba: Vagas abertas para novos alunos à partir de 03/02. Confira

O ano de 2021 chegou com mudanças na área da educação. Enquanto no ano anterior todas as aulas foram virtuais, este ano letivo será um pouco diferente; as aulas serão híbridas, metade online, metade presenciais. A escolha entre aula remota ou presencial poderá ser feita pelos pais e/ou responsáveis do estudante. 

Para alunos do Ensino Fundamental ou pré-escolar, as matrículas estão abertas à partir do 3 de fevereiro. Esta é a chance para os pais e responsáveis que perderam os primeros prazos. As vagas são destinadas a estudantes de quatro anos ou mais, e podem ser garantidas com a matrícula, realizada na unidade de ensino municipal da escolha da família. 

A Secretaria da Educação divulgou o novo prazo das matrículas para estudantes que ainda não foram cadastrados, independente do motivo pelo atraso. As matrículas poderão ser feitas também ao decorrer do ano, conforme a necessidade da família. 

Matrícula

As matrículas serão feitas nas próprias escolas, portanto os pais e responsáveis devem comparecer na unidade em que desejam que seus filhos estudem para realizar a matrícula. Todos os protocolos de cuidados deve ser seguido, utilizando máscaras e mantendo um distanciamento saudável. 

Os documentos a serem levados são:

  • Certidão de nascimento da criança;
  • Histórico escolar;
  • Carteira de vacinação;
  • CPF e RG do responsável;
  • Comprovante de residência (pode ser conta de luz, água, internet, etc).

Ensino híbrido

O ensino híbrido é a nova mudança para o ano de 2021. As aulas estão previstas para retornarem no dia 18 de fevereiro e a novidade é que o método vai ser um tanto diferente neste ano letivo. As aulas serão divididas em duas formas: uma parte será administrada virtualmente, de maneira remota, e a outra parte será presencial. Os estudantes e suas famílias podem optar pela modalidade que melhor se encaixar em suas rotinas. 

Para quem preferir manter as aulas online, não deve haver muita mudança em comparação ao ano anterior, irão seguir acompanhando as videoaulas da TV Escola Curitiba. Mas para quem optar voltar a ter aulas presenciais, será necessário que o responsável pelo estudante assine um termo de responsabilidade. 

Protocolos de Segurança 

No entanto, as aulas presenciais vão requerer ainda mais cuidado dos estudantes, que devem seguir as orientações do Protocolo de Retorno das Atividades Presenciais, elaborado em conjunto pela Prefeitura Municipal de Curitiba, a Secretaria Municipal da Educação, a Superintendência Executiva e a Superintendência de Gestão Educacional.

O protocolo foi idealizado para que os Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs), Centros Municipais de Atendimento Educacional Especializado (CMAEEs) e Escolas da Rede Municipal de Ensino de Curitiba sejam capazes de realizar o retorno às aulas presenciais de maneira segura. 

Algumas normas estipuladas no protocolo:

  • Os funcionários da limpeza serão ensinados sobre as formas adequadas de realizar a limpeza e desinfecção das áreas comuns. As limpezas acontecerão diversas vezes durante o dia, principalmente em objetos mais comumente manuseados, como corrimões, maçanetas, etc;
  • Os bebedouros estarão desativados e cabe a cada estudante levar sua garrafa de água para evitar contaminação;
  • Os estudantes não poderão levar brinquedos de casa, apenas utilizar os brinquedos já esterelizados que serão disponibilizados pela unidade de ensino;
  • Os materiais didáticos serão encapados com plástico para que possam se desinfectados mais facilmente e manejados pelas crianças em segurança;
  • Quanto ao transporte, o responsável pelo estudante deve arcar com despesas e logísticas de deslocamento. As empresas de frete devem atuar com 50% de sua capacidade, e manter os protocolos de segurança, distanciamento de assentos e o uso da máscara.

O protocolo completo você encontra no site da Prefeitura Municipal de Curitiba, que já investiu R$2 milhões na compra de materiais de limpeza e demais itens para auxiliar na contenção do Corona vírus nesse método híbrido de ensino. 

Atualmente, em Curitiba há 185 escolas e 230 CMEIs, o que garante um grande número de vagas para matricular o seu filho. Vá até uma instituição de ensino portando os documentos necessários e garanta a vaga do seu filho.

Seja de forma remota ou presencial, o importante é garantir uma boa educação para os jovens estudantes, que foram fortemente afetados pela pandemia do novo Corona vírus, iniciada em março de 2020.

Após quase um ano fechadas, as escolas estão preparadas para receber estudantes de toda Curitiba e região. 

Deixe seu comentário

13 + 12 =