Pontuação do Enem – Entenda como Funciona

Após fazer o Exame Nacional do Ensino Médio, a principal preocupação do estudante é saber qual foi a sua pontuação do Enem, não é verdade? Já que essa nota é considerada um requisito para a inscrição, bem como é um critério de classificação nos programas de incentivo à educação do Governo Federal.

Então, se você pretende participar desses programas, é importante apresentar um bom desempenho nas provas. Para ajudar você a compreender como funciona a pontuação do Enem, neste texto separamos as principais informações sobre este assunto. Vamos lá!

Jovem verificando a sua pontuação do Enem

Como consultar a pontuação do Enem?

É possível consultar o seu boletim individual no site oficial do Enem ou no aplicativo de celular. Para isso, é necessário usar o login e a senha do Governo Federal criados na inscrição. Em seguida, você terá acesso a pontuação das provas objetivas por área de conhecimento.

Além disso, poderá verificar a nota da redação, bem como o relatório com o seu desempenho detalhado nesta prova por meio da “Vista Pedagógica”. Também é possível baixar a redação escaneada para compreender melhor os critérios de avaliação.

No final do boletim você consegue visualizar o gráfico que compara o seu desempenho com o dos outros participantes do Enem. Assim, se você pretende se inscrever em um programa do Governo Federal, como Prouni, Sisu ou Fies, fica mais fácil analisar as suas chances em relação aos concorrentes.

Como calcular a pontuação das provas objetivas do Enem?

As provas objetivas do Enem são divididas em quatro áreas do conhecimentos: Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Ciências da Natureza e suas Tecnologias, Ciências Humanas e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias. Cada prova é composta por 45 questões cujo nível de complexidade pode variar entre fáceis, médias e difíceis.

O processo de correção dessas provas é realizado por meio de um software que utiliza como base o método denominado Teoria de Resposta ao Item, mais conhecido como TRI. É importante mencionar que ele não leva em consideração apenas a quantidade de acertos e erros do estudante, mas, também, o nível de dificuldade das questões e a coerência das respostas.

Dessa forma, dois estudantes que acertam a mesma quantidade de questões podem obter pontuações diferentes na prova. Por exemplo, o estudante A pode acertar mais questões fáceis e médias e errar as difíceis.

Já o estudante B, pode errar as fáceis e médias e acertar as difíceis aleatoriamente. Nesse caso, o método interpreta que o estudante A foi mais coerente nas suas respostas, enquanto o B, provavelmente, chutou as suas.

Então, de acordo com o método, o estudante A apresenta um melhor desempenho na prova do que o estudante B. Por isso, é essencial que você se prepare para a prova e mantenha uma linearidade em relação ao conhecimento sobre os temas.

Se você quiser saber mais detalhes sobre essa correção, pode acessar o site oficial do Enem e ler o Guia do Estudante: entenda a sua nota do Enem.

Como calcular a pontuação da redação do Enem?

O processo de correção da redação é muito diferente em comparação com as provas objetivas. Nesse caso, a redação vale de 0 a 1000 pontos e a correção é realizada manualmente por dois avaliadores que atribuem as notas de acordo com cinco competências, sendo que cada uma delas vale de 0 a 200 pontos.

Dentre essas competências temos: demonstrar domínio da norma culta da língua escrita, compreender a proposta da redação, apresentar coerência no texto, demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos e elaborar a proposta de intervenção para o problema abordado. 

Para compreender melhor cada uma dessas competências você pode ler a Cartilha de Redação do Enem disponível no site do exame.

Como calcular a nota média do Enem?

Os programas do Governo Federal que incentivam o ingresso dos brasileiros ao Ensino Superior, como Prouni, Fies e Sisu, consideram a nota média do Enem nos seus processos de seleção dos candidatos. Mas, afinal, como calcular essa nota? Geralmente, você precisa somar as notas das quatro provas objetivas e da redação e dividir por cinco.

Mas existem algumas instituições de ensino que atribuem pesos diferentes para cada prova. Nesse caso, é necessário multiplicar a nota de cada prova e redação pelo peso correspondente. Na sequência, somar esses valores e dividir pelo valor da soma dos pesos.

Agora que você já sabe como funciona a pontuação do Enem, bem como o processo para calcular a média dessa nota. Fica mais fácil compreender o seu desempenho nas provas do Enem.

Lembre-se de que esse resultado depende dos seus esforços para estudar, por isso se você pretende participar da próxima edição, não perca tempo! Estude, estude e estude mais um pouco.

Gostou de saber mais sobre o Enem? Então, continue acompanhando o nosso site e confira mais conteúdos sobre este tema.

Tathiane Mantovani
Estudante de Jornalismo. Administradora formada pela UniCesumar. Especialista em Psicopedagogia Institucional, Design Instrucional, Gestão de Pessoas e Marketing de Conteúdo. Redatora SEO, Conteudista EAD e Escritora com 8 livros didáticos publicados nas áreas de Recursos Humanos e Segurança do Trabalho. Apaixonada pela arte da escrita e amante dos livros.

Deixe seu comentário

8 + 20 =