Primeiro Emprego: Por onde você deve começar a busca? O que você deve fazer?

Encontrar o primeiro emprego é o maior desafio de jovens que querem entrar no mercado de trabalho. Se você deseja saber como tornar esse processo mais fácil é só acompanhar o artigo até o fim.

Primeiro emprego

Muitos jovens estão em busca de uma carreira e, consequentemente, de uma boa oportunidade para iniciar a vida profissional. 

No entanto, a maioria dessas pessoas sente dificuldade em encontrar um emprego que atenda suas necessidades pessoais e profissionais.

Pensando nisso, separamos algumas dicas e recomendações para que você saiba por onde começar a procurar, como fazer o seu currículo se destacar e como encontrar uma chance para começar a trabalhar.

Autoconhecimento

Antes mesmo de sair procurando um emprego é fundamental que as pessoas saibam o que elas estão buscando. Sem ter essa consciência qualquer coisa pode servir, mas não necessariamente será a melhor opção.

Sendo assim, a principal recomendação é que você faça uma autoanálise sobre as coisas que você gosta de fazer, estudar, falar sobre e, principalmente, reconhecer suas habilidades e capacidades.

Saber o que quer e ter experiência pode ser um diferencial

Ter isso em mente já é meio caminho andado para a escolha de uma profissão e, consequentemente, uma oportunidade de ingressar no mercado de trabalho.

Alguns dos processos mais comuns que auxiliam as pessoas na hora de definir essas questões são os testes vocacionais e consultar com especialistas. Em alguns casos esses recursos podem ser gratuitos e encontrados na internet.

Experiência

Ao buscar pelo primeiro emprego a maior barreira entre a vaga e o candidato é a experiência. Muitas empresas e comércios exigem um conhecimento prévio na atividade antes de contratar um funcionário.

Contudo, se alguém nunca trabalhou, como será possível ter e comprovar qualquer tipo de experiência na área? Bom, o trabalho voluntário e o estágio não-remunerado são algumas das opções para isso.

Mesmo que seja uma experiência curta, realizar alguma dessas atividades pode te ajudar na hora de se candidatar para uma vaga de emprego no ramo que você deseja. Além disso, essa experiência também será positiva para você.

Afinal, se você já souber como as coisas funcionam e como devem ser feitas, será mais fácil realizar o serviço posteriormente e, provavelmente, você será reconhecido por isso.

Estágio

Outra opção interessante para quem está fazendo um curso de graduação é procurar por estágios. Essa oportunidade é excelente para colocar em prática o conhecimento adquirido em sala de aula.

Além disso, se suas atividades forem realizadas com sucesso existe uma boa chance de a empresa querer manter você trabalhando na área e, com isso, te efetivar após o período de experiência que costuma ser de dois anos.

Menor Aprendiz

Em caso de jovens menores de idade e que não realizam cursos de graduação uma boa alternativa é buscar por vagas de menor aprendiz. Essa modalidade é essencial para que a pessoa aprenda os passos básicos sobre comportamento, disciplina e dinâmica de trabalho.

Além disso, é uma excelente oportunidade para que o jovem adquira responsabilidade e se programe para iniciar os estudos na área de interesse. A principal vantagem é que a empresa pode mantê-lo por muito tempo se fizer um bom trabalho.

Entrevista

Na hora da entrevista é importante demonstrar vontade de aprender, deixar claro os seus interesses e ser consistente em suas escolhas e posicionamentos.

Para que o seu currículo chame a atenção é importante estar constantemente aprendendo algo novo e, por isso, cursos e atividades extracurriculares são diferenciais.

Felipe Calbo
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo atuante na chamada "massa de mídias", trazendo mais um braço da pluralidade de opinião em detrimento do mito da imparcialidade.

Deixe seu comentário

três × 1 =