Saque FGTS 2021: Valores Liberados para Saque. Entenda!

A  Caixa Econômica Federal está liberando o saque do FGTS neste início de ano, conforme as datas previstas no calendário oficial. A liberação do valor é muito importanto este ano, assim como o anterior, por facilitar o acesso ao dinheiro em um período de altas taxas de desemprego e de casos de infecção pelo novo Corona vírus. 

Trabalhadores ou ex-funcionários podem sacar o valor referente ao FGTS em agências da instituição na data prevista no calendário oficial, publicado no site do Governo Federal. 

P

No ano anterior, os pagamentos de FGTS e PIS/PASEP foram realizados durante a pandemia, o que auxiliou as famílias afetadas.  Em 2021, os pagamentos têm início no mês de janeiro e os prazos variam conforme o solicitante. A liberação do saque neste ano também tem o objetivo de auxiliar o complemento da renda dos cidadãos que estão trabalhando ou desempregados. 

Caixa TEM

Por meio do aplicativo Caixa Tem os pagamentos de benefícios estão sendo feitos. Basta que o solicitante baixe o aplicativo em seu disponsitivo de preferência (celular, tablet, etc), já que possui uma versão para Android e outra para iOS. 

Foi através do aplicativo Caixa Tem que mais de 70 bilhões de brasleiros receberam o auxílio emergêncial, medida aplicada durante o período de pandemia, iniciado em março e finalizado em dezembro de 2020. O benefício parou de ser concedido, pois segundo o presidente Jair Bolsonaro, a extensão do auxílio causaria transtornos na economia, o que poderia “quebrar” o país. 

FGTS

FGTS é o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço e foi criado para proteger e segurar o trabalhador que for demitido sem justa causa. O saque do FGTS apenas é concedido a quem foi demitido recentemente e está passando pelo processo de saída de uma instituição pública ou privada. As datas de saque variam conforme a data da demissão, e são disponibilizadas até um mês após o ocorrido. 

FGTS Saque-Aniversário

Esta outra modalidade do FGTS é um tanto diferente, pois não é necessário que o trabalhador tenha sido demitido para que possa realizar o saque. No mês de seu aniversário, o contribuinte pode sacar parte do valor armazenado em seu FGTS. 

Abono Salarial

Esta modalidade de saque é destinada a um grupo específico de trabalhadores que estejam cadastradas junto ao PIS/PASEP. O benefício apenas é liberado para os que se enquadrarem a todas as normas estabelecidas.  

Exigências para receber o benefício:

  • Estar cadastrado no PIS há cinco anos, no mínimo;
  • Ter recebido um salário mensal médio de até dois salários mínimos durante o ano-base;
  • Para Pessoas Jurídicas, é necessário ter exercido atividade remunerada durante pelo menos 30 dias no ano-base (não precisam ser dias consecutivos);
  • Ser cadastrado corretamente pelo empregador (Pessoa Jurídica) na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) / eSocial.

 

O abono salarial pode chegar a um salário mínimo, uma vez que o valor a ser sacado é diretamente proporcional ao tempo trabalhado. O cálculo para chegar ao valor do abono é o número de meses trabalhados vezes 1/12 do vo valor do salário mínimo atual. 

Para uma melhor ilustração dos valores a serem recebidos, aqui está o número de meses e a quantia a ser sacada pelo trabalhador:

 

Meses Valor
1 R$ 92,00
2 R$ 184,00
3 R$ 275,00
4 R$ 367,00
5 R$ 459,00
6 R$ 550,00
7 R$ 642,00
8 R$ 734,00
9 R$ 825,00
10 R$ 917,00
11 R$ 1.009,00
12 R$ 1.100,00

 

A ordem de saque também depende do mês de nascimento do trabalhador. Quem não sacou em 2020 tem o prazo limite de até 30 de junho para retirar o valor em uma agência. 

As datas em que os valores foram liberados e os prazos para saque são:

 

Nascidos no mês de: ​Recebem o Abono em:
​Julho ​16/07/2020
​Agosto ​18/08/2020
​Setembro ​15/09/2020
​Outubro ​14/10/2020
​Novembro ​17/11/2020
​Dezembro ​15/12/2020
​Janeiro ​​

​​19/0​1/2021

​Fevereiro
​Março  

​​11/02/2021

​Abril
​Maio  

​​17/03/2021​​

O trabalhador pode conferir todas as informações sobre o benefício no site Abono Salarial CAIXA, através do aplicativo CAIXA Trabalhador (disponível para iOS e Android) e também pelo telefone (0800 726 0207), no atendimento CAIXA ao Cidadão.

Deixe seu comentário

15 − doze =